Melodia Sorridente…

Sem título-68

Sentada na areia, tão serena,

De olhos fechados a navegar,

Um pensamento percorre a mente

Fazendo-me, por instantes, sonhar.

Uma brisa quente e leve,

Passando no rosto como pena,

Macia, leve e serena,

Percorrendo a alma num momento breve.

Melodias lindas que embalam ondas,

Anteriormente sopradas por Anjos,

Apaixonando aves tão belas como pombas,

Doces como os mais saborosos beijos.

As ondas vêm e molham meus pés,

Esquentam o meu doce Coração,

Vão e vêm até ao convés

Enquanto os Anjos comigo estão…

O sol vai-se escondendo

Por detrás das núvens de algodão doce,

A lua ansiosa vai aparecendo

Trazendo paixão como se nada fosse…

Vai escurecendo na praia, len-ta-men-te…

A lua sente medo de estar sozinha,

Abre-se uma fresta, e o sol quente,

Aparece de repente e faz-lhe uma festinha.

Ao ver tão belo momento, me levantei,

Calmamente sobre a areia caminhei,

Escrevendo e gravando na minha memória

Um momento doce e quente na minha história.

Fui caminhando, molhando os pés no mar,

Com o meu pensamento alto, no além,

Onde só os Anjos conseguem observar,

Só os Anjos, e DEUS, mais ninguém…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s